domingo, agosto 02, 2009

Um elogio às pequenas coisas



Pode ser um sorriso de uma criança, um agradecimento ingénuo e cheio de ternura ou a simpatia do atendimento da senhora da loja. Pode ser um sol mais caloroso que beija a face ou aquele gel de duche fresco que acaricia o corpo.

Um abraço que não pedi e um convite que não recusei, e um sorriso que me fugiu, sem que por isso desse conta.

Podem ser bocadinhos de amizade que sinto. Medievais ou não, gosto deles porque são sinceros.

5 comentários:

Nimpo disse...

São estas pequenas coisas que fazem o mundo girar.

Viva as "Terras de Santa Maria" : )

O Shihan disse...

Pequenas coisas, mesmo que sejam medievais, com as pessoas certas, são as maiores razões para elogios que a vida nos dá.

Roberto disse...

Carla, vieste à famosa festa medieval de terras de santa maria?

poeta_rural disse...

basta ires ao norte e já ficas toda animadita =P

Carla disse...

Caro Bertinho,

Fui pois, achei ser daquelas experiências a repetir, com mais tempo, e com votos de uma
exploração relativamente pacífica no que respeita à quantidade de visitantes a encontrar.

Gostei especialmente do arroz com feijão, estava digno de um jantar honrosamente medieval :P