terça-feira, outubro 14, 2008

Num completo despropósito, de uma forma completamente áulica, faustosa e majestática, logo no segundo mês desta nova rubrica, não resisti a alterar as regras do jogo previamente estabelecidas por mim mesmo e tão calorosamente aclamadas por todos, para este cantinho de discussão com vocês, estimados leitores.
Sendo assim decidi que este mês de Outubro, pleno Outono, que marca a queda da folha, o desfolhar da espiga e a degustação da castanha, ignorar todas as vossas pertinentes questões que tão simpaticamente nos têm colocado para OsAmendoinsdoRicky@yahoo.com, e ser eu mesmo a colocar a questão do mês, com a respectiva resposta científica logo de imediata anexada ao "post", atropelando todas as minhas promessas de resposta para os comentários. De qualquer das formas, penso que a pergunta é uma curioxidade de particular interesse prático para todos, com a virtude de poder ser experimentada na prática hoje, amanhã ou quando vocês, digníssimos leitores deste blog acharem por bem.

A pergunta deste mês é a seguinte:

Porquê é que o leite congelado fica amarelo?


Resposta Verídica:

A cor amarela do leite vem da vitamina riboflavina (Vitamina B2), que deve o seu nome precisamente à sua cor amarela - flavus, do latim. A riboflavina é uma vitamina hidrossolúvel, o que é o mesmo que dizer que está dissolvida na fase aquosa do leite.

O leite é uma emulsão de gordura em água, possui pequenas partículas em suspensão de proteínas e gotas de gordura dispersas por uma fase aquosa. À temperatura ambiente, ou de refrigeração apresenta uma cor esbranquiçada e opaca.

Quando o leite é congelado a maioria da água cristaliza na forma de gelo antes das outras substâncias, ficando a antes diluída riboflavina mais concentrada na água que resta. O resultado é a tonalidade amarela que o leite toma à medida que se vão formando os cristais de gelo e a riboflavina diluída na água líquida que resta. A separação de fases, devido à congelação da água em primeiro lugar é a responsável pela alteração das propriedades sensorias do leite, e alteração da sua cor.

Pequeno apêndice à resposta dada:

Resposta a outras curioxidades como esta podem ser encontradas, por exemplo no livro - "Why Don't Penguins' Feet Freeze?", tradução literal para português, "Porque não congelam os pinguins?", da revista New Scientist, da sua famosa secção "The Last Word", onde se respondem a questões de ciência sobre as mais variadas matérias do nosso quotidiano. A adquirir.


Fui
, beber leitinho, mas achocolatado.

7 comentários:

Sara disse...

A minha questao é quem terá hábitos de congelação de leite... ?

O Shihan disse...

Minha caríssima e querida senhora, nem toda a gente consome leite pasteurizado embalado. Para quem usa leite do dia, da semana, saído directamente da vaca, ovelha, ou de búfalo, este é um dos métodos de conservação por excelência. Claro que hoje em dia os hábitos e a vida urbana levaram a que este hábito caísse em desuso, o que não significa que não exista.

Nimpo disse...

ai shihan, e não consegues tu beber directamente esta secreção tão deliciosa : D

O Shihan disse...

É asqueroso nimpo, somos o único mamífero a beber a secreção de outro, além do mais eu bebo.. leite com aroma a chocolate.

Tóno disse...

Se escrevessem era sobre coisas mais interessantes em vez de parvoíces até vinha cá mais vezes.

Nimpo disse...

Caro utilizador tóno, lamentamos que a cor amarela do leite congelado não lhe desperte o interesse. Como deve compreender, é difícil abordar temas que agradem a todos os nossos leitores, a não ser obviamente que envolvam a perfídia da dupla Mccain/Pallin... Esperamos que os próximos posts lhe sejam do mais agrado, caso contrário continue a manifestar o mais alto desprezo por tudo quanto se passe aqui. Um bem haja para a sua saúde.

Mariana disse...

Está comprovada a teoria!! =p