terça-feira, setembro 01, 2009

O Martírio de S. Filipe (1639)

The Martyrdom of Saint Philip

O martírio de S. Filipe é um fresco impressionante. Nenhuma reprodução, por muito boa qualidade que tenha, consegue fazer jus à grandiosidade desta prodigiosa obra de José de Ribera.

A enorme tela representa uma alegoria à crueldade humana, a passagem bíblica em que o apóstolo São Filipe é crucificado em Hierápolis. Mostra, em vez do martírio do homem crucificado, a preparação para a crucificação, numa representação isenta de sangue e violência em que o foco é o enorme corpo do mártir, a sua expressão resignada, o esforço dos carrascos a erguê-lo, a face de estupefacção do homem que lhe agarra as pernas, o olhar despreocupado dos espectadores e o inquietante fitar da mulher, com o bebé ao colo no canto inferior esquerdo da tela, ao observador.

Está no Prado e é imperdível de tão arrebatador que consegue ser. Fundamental para quem gosta de admirar o génio humano.

2 comentários:

Nimpo disse...

Imagino...

Mariana disse...

É fascinante estar perante tão belas obras de arte e igualmente impossível dar o verdadeiro valor se não estivermos diante delas. Delirante!