quarta-feira, maio 14, 2008

Chatice Pá!!

Não são poucas as vezes que temos de enfrentar situações desagradáveis que nos põem os nervos em franja e testam os nossos limites de paciência. Elas podem advir de várias formas e assumir proporções de igual forma variadas e nem sempre podemos mandar para o tal sítio menos bonito ou simplesmente virar as costas às pessoas com quem por obrigações profissionais ou sociais nos temos que dar.

As privações podem bem ser um catalisador de chatices, mas essas são facilmente ultrapassadas quando o desconforto criado desaparece. As maiores chatices são aquelas que nos surgem durante o conforto da vida e para as quais a velha máxima de fechar os olhos e contar até dez não resulta. Nestas alturas de nada vale tentar afastar a lógica de pensamento com raciocínio matemático ou qualquer outro raciocínio lógico a chatice que nos engole, só o tempo eventualmente clareia as ideias.


Não conheço nada mais amargo do que chatices com amigos especiais daqueles que temos como mais do que sendo da própria família, que não amamos por nenhuma imposição biológica ou acaso momentâneo, que surgiram de uma escolha criteriosa, racional e que se perpetuaram no tempo até hoje com provas de entrega e descomprometimento sincero.


Fui porque hoje o dia é cinzento.

6 comentários:

Nimpo disse...

=(

Sara disse...

Que passou Shihan?

Nimpo disse...

atitudes infantis de uma certa personagem que fala mal do Bush mas que faria pior que ele, que apregoa o comunismo mas não passa do mais fascista dos sovinas : )

Nimpo disse...

para não dizer que é teimoso como uma criança mimada... : D

Christopher Moltisanti 'Soprano' disse...

Oh Madonna, just call me for the service, this guy deserves a good fucking lesson!

Optimus Prime (the fake one) disse...

BRUUUUUAAAAHHH!