segunda-feira, maio 12, 2008

"Hello, we're Porcupine Tree"


Três anos após o indescritível concerto em Vilar de Mouros, Porcupine Tree voltam a Portugal. Fui lá com poucas expectativas, com um bilhete oferecido. Na verdade, mal os conhecia. Vim de lá um profundo admirador. Oh, como gostava de reviver essa noite. Eram os terceiros (antes de Robert Plant e Jorge Palma). Começaram com essas palavras humildes, como se fossem uns meros principiantes. E depois começaram a tocar. Palavras para quê. Como gostava de sentir de novo aquele choque quando o fizeram, completamente diferente daquilo que eu estava a prever. Redescobri-os naquela noite. Foi um concerto negro, pesado, avassalador. Ao mesmo tempo genuíno, substanciado, especial. Estava calor, mas eu... tremia por todos os lados. Gostava de voltar atrás e ver de novo aquele brilho de admiração nos olhos de todos para quem olhava. De começar o concerto com meia dúzia de gatos pingados e vê-lo acabar numa multidão. Ouvir os gritos efusivos a apelar por mais uma música, a multidão que te conhecera nessa noite. Como se visse nesses rostos o merecido reconhecimento global.



Uma banda genial que, até à pouco tempo, sempre foi esquecida por tudo e por todos. Talvez por nunca se estabelecer num género, nunca ter feito um álbum igual. Mas todos, sempre, com uma subtileza intrigante, qualquer que seja o registo.

Desta vez, o que de tão bom não poderíamos nós esperar?

Obrigado por voltarem. See you soon, Porcupine Tree, in every single place you play here.


7 de Outubro de 2008, Lisboa, Incrível Almadense
8 de Outubro de 2008, Porto, Teatro Sá da Bandeira

Bilhetes à venda na Ticketline a partir de 19 de Maio

6 comentários:

Shihan disse...

Segunda grande notícia do ano, depois da vinda de Opeth a Portugal. Data e local ainda a confirmar mas certamente lá estaremos todos. o/

A Coisa Branca. disse...

Eu estou lá :D

Anónimo disse...

:´(

Mariana disse...

Que bom sera ouvir brilhantes musicas ao vivo!
Porcupine Tree aguardam por nos =)

Anónimo disse...

Foto bonita, deve ser fantástico ao vivo.

paula disse...

Eu quero lá estar...quero mesmo, anseio por tal momento :)
Porcupine tree!!!!!!