quarta-feira, maio 21, 2008

Homenagem ao Jorge e ao Coisa Branca





A letra reza assim:

O meu popó no teu pipi
O teu pipi no meu popó
O meu popó no teu pipi
O teu pipi no meu popó

O meu popó no teu tutu
O teu tutu no meu popó
O meu popó no teu tutu
O teu tutu no meu popó

O meu popó no teu popó
O teu popó no meu popó
O meu popó no teu popó
O teu popó no meu popó

O meu popó no teu pipi
O teu pipi no meu popó
O meu popó no teu pipi
O teu pipi no meu popó

O meu popó no teu pipi
O teu pipi no meu popó
O meu popó no teu tutu
O teu tutu no meu popó

Cuidado o refrão da música é perigosamente viciante e agarra-se às vossas mais intrínsecas entranhas encefálicas.

Fui que amanhã é feriado.

4 comentários:

Nimpo disse...

que puta de batida!

COISO BRANCA disse...

MOOOORRRAAM!!

Sérgio o Proteína disse...

Canta-me issu ao ouvido oh sócio e bais ber como eles mordem!!

A Coisa Branca. disse...

err