sábado, fevereiro 11, 2006

OS MELHORES ALBUNS ROCK 2005

1. Porcupine Tree - Deadwing - Pelo sentimento único que transmite, a impecável produção do álbum, a destreza nos instrumentos e a originalidade de vários momentos, Deadwing é uma verdadeira lufada de ar fresco para o rock. Segundo Steven Wilson, líder da banda, o futuro do rock passa invariavelmente pela sua fusão com o death metal. Foi isso que aconteceu neste álbum, juntando ainda rock experimental e mesmo, surpreendentemente, algum trance e hip-hop, mas de uma forma subtil, criando algo de único, particularmente evidente no início do álbum na bombástica “Deadwing”. Pelo meio alguns momentos mais convencionais, como a cativante balada “Lazarus”, mas perfeitamente encaixados com as músicas mais longas, funcionando o álbum como uma estrutura única - um verdadeiro filme para os ouvidos com principio, meio e fim - em vez de apenas um conjunto de singles (verdadeira cultura de consumismo gerada pelos mass media). Mas a alma do álbum é mesmo “Arriving Somewhere not Here”, um épico de 12 minutos, que vai introduzindo subtilmente um sentimento misto de celestialidade, nostalgia, impotência e tristeza de uma forma arrebatadora, conduzindo-nos até ao final do álbum. Apesar da inovação, é um álbum que não deixa nenhum fã do rock indiferente ao primeiro spin. Considerado o melhor álbum de 2005 em vários sites e revistas. OBRIGATÓRIO!

2. White Stripes - Get Behind me Satan - Um grande álbum em que os White Stripes reinventam o seu hard-rock, expandindo-o em várias direcções (por exemplo o uso de instrumentos alternativos como xilofones) e por isso criando um álbum mais maduro, criativo e com muita variedade do principio ao fim. Mistura de uma forma equilibrada músicas hard-rock mais clássicas, com outras com um ritmo dançante e com baladas que fazem mesmo lembrar Aretha Franklin.


3. System of a Down - Mezmerize - Neste álbum os System of a Down reinventam o seu som, agressivo como sempre, mas sempre fresco e inovador, a que juntam um forte tema, a guerra no Iraque. Um álbum complexo, emotivo apesar de agressivo, e bastante cativante ao primeiro spin.


4. Riverside - Second Life Syndrome - Aplaudidos pelo universo do rock progressivo por este álbum, os Riverside conseguiram fazer uma obra compacta e emocionalmente densa, com grandes solos sentimentais, explorando o lado negro. Subiram directamente para o top 20 dos melhores álbuns de sempre do rock progressivo no site http://www.progarchives.com/, algo que só mais 2 bandas da década de 90 em frente conseguiram, Porcupine Tree e Dream Theater.


5. Mars Volta - Frances the Mute - Apesar de não atingir o nível do seu álbum de estreia, os Mars Volta continuam a sua saga de fusão de punk e reggae com rock progressivo, criando um som verdadeiramente único.

2 comentários:

Marquês Van Prog disse...

Porcupine Tree são os maiores, o Steven Wilson é Deus. :D

Tenho que dizer que o album foi descrito com grande classe, grande recomendação a nao perder! Obra prima absoluta!

Anónimo disse...

Marylin

Eu concordo com todas as posições dos ditos albúns, à excepção de Deadwing dos PT, que não acresenta em nada ao panorama do rock progressivo.. Esperava melhor da produção do Steven!

* Marco