domingo, novembro 30, 2008

No tempo da "Inocência Ditadura"!

Quem é que não ouviu falar do caso Calabote do final da década de 50? Do árbitro que deu 10 minutos de descontos com o intuito de ver o Benfica marcar o 8º golo, o do título? Do árbitro que marcou num jogo com 8 golos, 5 penaltys para os da casa?

Pois é, trago-vos hoje meus amigos uma prenda: os artigos dos principais jornais desportivos (gentilmente cedidos por um amigo) relativos ao jogo apitado pelo senhor "Inocêncio Calabote", que acabou por ditar o 2º lugar no campeonato para o Benfica, tendo o título ficado na posse dos azuis e brancos que venceram no mesmo dia em Torres Novas, os locais por 3-0, tendo acabado o jogo contra 9 (1º homem do conjunto de Torres Novas foi expulso aos 20min da 2ª parte e o segundo depois do 2º golo do Porto, imagine-se, por pontapear a bola de dentro da baliza) e sobretudo debaixo de veementes protestos dos jogadores locais! Jogo apitado pelo senhor Francisco Guiomar que de Inocêncio não tinha nada!
-----a Bola-----

---Manual Desportivo---

-----Record-----


20 comentários:

O Shihan disse...

Obrigado Machines of God!! Mais um sumo esclarecimento de um dos muitos falsos mitos do futebol português, com o único e malicioso propósito de denegrir os triunfos da maior instituição portuguesa pelos habituais invejosos provincianos.

A história como ela é!

Salud*

Anónimo disse...

O que se esquecem de dizer é que nesses tempos todos os jornais eram dominados por um só clube: o Benfica, portanto todos esses registos históricos estão deturpados e valem o que valem.

Skykodak disse...

O k conta e k hoje vamos ficar em primeiro lugar....e o resto e conversa....

E a epoca passada ja e historia, por isso continuamos a ser os melhores ker no passado, ker no presente....

Benfica rumo ao titulo no. XY ( em que X=3, e Y=1-9)

Forca glorioso

liliana disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
liliana disse...

O glorioso foi é roubado... Deturpam sempre a realidade... 3 ou 4 minutinhos... K é isso?

Anónimo disse...

Viva o Benfica...ninguem nos para...

Nimpo disse...

Boa grande Machines.. mais um mito desvendado.. É mesmo verdade, quem conta um conto, acrescenta sempre mais um ponto.. Esta é a prova disso : D

We Are Machines Of God disse...

O Benfica dominava tudo.. só nunca foi a hegemonia porque tinham pena dos "outros" clubes!

Sr. "Anónimo", que não se identifica porque talvez não esteja certo do que disse, que fique aqui bem assente, que o "clube do REGIME que era o Benfica", entre 1974 e 1994, ou seja nos 20 anos pós revolução assim iam as estatísticas:

Campeonatos Nacionais:
Benfica- 10; Porto- 8; Sporting- 2

Taças de Portugal:
Benfica- 7; Porto-5; Sporting- 2

Se duvidar dos números pesquise, leia, informe-se, dê uma apitadela ao senhor Salazar, ...

Benfica o único verdadeiro centenário na HISTÓRIA feita!

Nimpo disse...

Alto aí! O Benfica ainda estava para nascer já o F.C.Porto comia a sopinha há vários anos... : )

We Are Machines Of God disse...

Comia sopinha, mas não fazia história,... coisas diferentes! O F.C.Porto fez a sua história no futebol a partir de determinada altura.. não será preciso dizer porque está subjacente à ideia nacional do que é o F.C.Porto enquanto futebol! :)

Nimpo disse...

Claro, não vou negar que o Benfica não tenha mais história que o F.C.Porto... seria hipócrita. O Porto era um clube com pouca expressão a nível nacional, quase de nível local mesmo, só começando verdadeiramente no "reinado" de Pinto da Costa, onde se operou uma autêntica subida em flecha de popularidade e resultados... Bom, apesar de tudo, não nos esqueçamos que nessa curta "história" já conquistou mais uma taça europeia que o Benfica...

We Are Machines Of God disse...

Sendo verdade, deixa-me acrescentar que o Benfica tem demasiadas finais europeias para tão poucas conquistas! Já o Porto é o oposto.. quando chega à final.. ganha!

E mais no pós-ditadura, o Benfica também chegava a finais europeias, uma na década de 80 e outra na década de 90! Essa frase feita do clube do regime nunca foi tão despropositada e enganadora.

Nimpo disse...

De facto é mais uma frase feita, dizer que o Benfica pós-regime nada fez... Que fique aqui registado nesta lápide virtual asquerosa o inconformismo e a verdade! E nada mais que a verdade, pois omitindo pode-se mentir muito...

Que o Porto e o Benfica se abracem num amor eterno... Que se beijem... Troquem carícias... Quanto ao Sporting que se limite à consistência viscosa de mero réptil que é.

Skykodak disse...

Caro Nimpo, ha clubes em Portugal mais antigos que o FCPorto...e nem por isso tem mais historia k o porto....Olhe o exemplo da Academica (se n estou em erro)....

Benfica roubadinho ontem....

Quim, tas bom para ir para o banco...GR precisa-se....Shihan compra um po benfica agr no mercado de inverno...usa os teus poderes...

O Shihan disse...

Skykodak, estou a pensar em comprar antes uma frutinha e umas viagens Abreu ao Brasil e a outros destinos exóticos, claro que com toda a frutinha exótica já incluída no pacote, a ofertar àqueles senhores que apitam. Talvez assim tenhamos uma subida em flecha de popularidade e resultados como diz o Trotz, se resultou com os outros também há-de resultar connosco.

Nimpo disse...

A vida desportiva de um Benfiquista é mesmo assim... feita à base de lamurias e desalento. Há sempre alguma causa que explique o insucesso de algo cuja grandeza excede várias vezes a sua capacidade real... Meus senhores, nada mais queria que ver o Benfica a apresentar resultados para que não vivessem tão amargurados...

O Shihan disse...

Ninguém está aqui amargurado, penso eu, amargurados vivem aqueles que apesar de nos últimos anos quase tudo ganharem continuam numa enigmática luta provinciana.

E passo a citar: "SLB SLB SLB FDP SLB!"

Quem não quer ver o óbvio que não veja. Do caro Nimpo nada mais podemos esperar que uma benevolência benigna e irracional a favor de determinados prevaricadores que num momento ou noutro lhe deram uma determinada felicidade.

É um indulgente este querido Nimpo!

We Are Machines Of God disse...

Permitam que comente estes últimos ditos dos nossos ilustres amigos..

De facto a vida dos benfiquistas nos últimos anos tem sido pautada por inúmeras lamúrias e lamentos.. contra factos não há argumentos.. agora que o Benfica foi, é e continuará a ser o maior de Portugal acho que disso ninguém tem dúvidas, tanto em história (sim essa do regime, que para o mal dos vossos pecados também conta), como em sócios, passando pelo elevadíssimo nível de merchandising, vendas e afins e até pela entidade. Sim o nome Benfica é demasiado grande.

Portanto quando o querido "Nimpo" diz "...cuja grandeza excede várias vezes a sua capacidade real" julgo que esteja a ser abusivo, irreal e até injusto. Se há clube que levou bem alto o nome de Portugal nas décadas de 60,70, 80 e 90, esse clube foi o Benfica! Sem me esquecer da década de ouro do Porto (80)!

O que me indigna no meio disto tudo, deixem-me que vos diga.. é a forma como se lida com os problemas sérios neste país...!

O futebol é um negócio. Os jogadores valem dinheiro. Os empresários ditam a carreira de muitos jogadores. Os treinadores pouco fazem já. O futebol fora das 4 linhas é corrupção. Os adeptos são parte do futebol. Os adeptos muitas vezes são corrompidos pelas direcções dos clubes. O futebol é isto!

Quem jogou, joga ou quer jogar "mais por fora das 4 linhas" tem eventualmente algum benefício sobre aqueles mais "pequenitos"!

Tenho dito.

J. Sousa disse...

Muito boa noite a todos os presentes e ausentes desta nobre sala..

Não pude deixar de reparar neste "artigo" escrito sobre um caso mediático do futebol nacional e como tal decidi responder ao mesmo.

O que me apetece dizer é que se o Benfica não é o "clube do regime" como disse "Machines of God", então também não o é, o clube do final do séc. XX nem tão pouco do séc. XXI! Desde "1994" em diante o Benfica foi apenas 1 vez campeão nacional. 1 escreve-se um. Contra factos não há argumentos.

Quanto ao caso do Calabote toda a gente sabe que governo, políticos e administração do Sport Lisboa e Benfica, mandavam, literalmente, no futebol português. Não me admirava nada que a comunicação social também fosse controlada já nessa altura.

O Shihan disse...

J. Sousa, claro que nos dias de hoje e desde que o Benfica não ganha nada, não há corrupção e os jornais não são manipulados. Também nunca existiu o apito dourado, a fruta, o café com leite, as viagens ao Brasil, as escutas, relógios de ouro, etc.. E, menos evidente que tudo isto, o domínio do poder das associações de futebol do norte sobre as restantes, que tão bem tem espelhado as diferenças de resultados dos seus clubes.

Claro que para os adeptos o que importa é ganhar, mesmo que seja com batota; viciando as regras do jogo; porque se o fez é porque sou mais esperto que o outro; não fosse eu seria o outro, logo antes que seja eu.

É desta mediocridade social e desrespeito pelas regras da sociedade, que toda a gente parece aceitar muito bem se aponta aqui, venha ela da facção verde, vermelha ou azul.